32ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo

Mais uma vez chega o evento mais esperado pelos cinéfilos paulistanos, e por que não dizer paulistas: a Mostra Internacional de Cinema, ou apenas Mostra, como é chamada pelos frequentadores. O festival faz parte do calendário oficial da cidade de São Paulo, acontecendo nas duas últimas semanas de outubro, e atraindo um público em torno de 200 mil espectadores. Em sua 32ª edição, a Mostra acontece durante os dias 17 e 30 de outubro. Serão exibidos 454 filmes de 75 países, distribuídos em mais de 1200 sessões em 22 salas.

Para realizar esse grandioso evento, Leon Cakoff participa dos principais festivais de cinema estrangeiros, garimpando preciosidades, convencendo diretores e produtores a exibirem seus filmes aqui. Nos últimos anos Leon conta com a ajuda de Renata de Almeida na seleção em festivais e centenas de funcionários contratadores para o evento, além dos fixos. Um arsenal impressionante de pessoas dando informações, vendendo credenciais, trocando ingressos, organizando eventos, traduzindo filmes, fazendo legendas, contactando a mídia, os diretores, produtores e atores entre outros.

O efeito de todo esse trabalho é comprovado pelos frequentadores assíduos. Os problemas com filmes trocados, montados errado, sem legendas e atrasos quase sumiram. Renata de Almeida até fez uma piada durante a coletiva de imprensa, dizendo que os espectadores não pode mais reclamar sobre filmes russos com legendas em japonês: todos os filmes agora têm legenda eletrônica ao menos. Quanto aos atrasos, parte disso é culpa do próprio público que chega atrasado, e das listas de espera para filmes que lotam.

Cartaz da 32ª Mostra

No centenário da imigração japonesa nada mais adequado do que chamar um artista japonês para criar o cartaz, e coube a Tomie Ohtake, pela terceira vez, essa tarefa. O cartaz desse ano usa a simplicidade e a força das cores do logotipo do festival para recriar o rolo de filme, de modo belo e marcante. Tomie assinou também todas as artes para as peças promocionais do evento e foi convidada a criar uma nova identidade visual para a Mostra, incluindo o “Troféu Bandeira Paulista”. O troféu foi criado na 9ª Mostra (1985), também por Tomie, que assinou o cartaz daquele ano. A artista também assinou o cartaz da 17ª edição.

Vinheta da 32ª Mostra

Como nos últimos anos, a arte do cartaz é a base para a animação da vinheta de abertura do festival. A música da vinheta mais uma vez ficou nas mãos do músico André Abujamra, com um vasto portfólio de criação de trilhas sonoras. Com base na ilustração quase abstrata de Tomie Ohtake, Abujamra criou uma trilha que ao mesmo tempo faz homenagem à artista e ao centenário da imigração japonesa. A vinheta pode ser conferida aqui.

Júri da 32ª Mostra

Compõem o júri internacional da Mostra desse ano: o cineasta britânico Hugh Hudson, que terá uma retrospctiva especial no festival; o cineasta brasileiro Jorge Bodanzky, mais conhecido pela co-direção de “Iracema – Uma Transa Amazônica“; o produtor alemão Meinolf Zurhorst, produtor de “A dama do mar“; o produtor e diretor francês Nicolas Klotz, que ganhou o prêmio da crítica na 31ª Mostra com “A Questão Humana” e a diretora iraniana Samira Makhmalbaf, que já exibiu vários filmes na Mostra em anos anteriores e esse ano apresentará seu novo filme “O Cavalo de Duas Patas”.

About Bibi