Ciclo de Cinema Português na Cinemateca

O Milagre de Salomé

A partir de hoje a Cinemateca Brasileira não participa mais da repescagem da 32ª Mostra, voltando a suas atividades normais com ciclos de filmes. A partir de quarta, dia 5 de novembro, a Cinemateca apresenta o Ciclo de Cinema Português em parceria com o Instituto Camões/Embaixada de Portugal. O evento que vai até dia 9 apresentará 7 filmes entre uma seleção de filmes portugueses produzidos no final dos anos 90 e início dos anos 2000.

Obras recentes de diretores veteranos que iniciaram suas carreiras no cinema político dos anos 60 e 70 serão apresentadas ao lado de filmes dirigidos por realizadores consagrados e por novos cineastas. Fazem parte da programação ‘Non’, ou A Vã Glória de Mandar (1990), de Manoel de Oliveira, primeiro filme a abordar de frente a memória das guerras coloniais portuguesas; Ossos (1997), de Pedro Costa, prêmio de melhor fotografia no Festival de Veneza de 1997; Tráfico (1998), de João Botelho, comédia em homenagem ao cineasta Luis Buñuel; Tarde Demais (2000), filme recente de José Nascimento, diretor que iniciou a carreira no cinema militante dos anos 70; A Passagem da Noite (2003), de Luís Filipe Rocha, filme produzido para o público jovem e O Milagre segundo Salomé (2004), primeiro longa-metragem de Mário Barroso, diretor de fotografia que trabalhou com Manoel de Oliveira e João César Monteiro. Completa a programação Uma Abelha na Chuva (1971), de Fernando Lopes, uma das principais expressões do Cinema Novo português, saudado pela crítica como uma das mais bem sucedidas experiências entre a literatura e o cinema – o filme é baseado no romance homônimo do escritor neo-realista Carlos de Oliveira. A maioria dos títulos é inédita no circuito comercial brasileiro.

O que eu gostaria mesmo de ver por aqui são os filmes mais obscuros que saem de Portugal, como O Fantasma de João Pedro Rodrigues, ou os filmes de João César Monteiro, que teve uma restrospectiva na 27ª Mostra realisada em 2003, ano em que faleceu. Eu até vi alguns de seus filmes, mas queria aproveitar para ver mais.

De qualquer forma a programação do Ciclo de Cinema Português parece boa e vale a pena ser conferida. Ainda mais por quem não tem visto nada de Portugal além dos filmes de Manoel de Oliveira. A imagem acima é do filme O Milagre Segundo Salomé, que será exibido dia 5 e 7 de novembro. A programação completa segue abaixo:

05.11 | QUARTA
Sala Cinemateca Petrobrás
19h00 – Ossos
21h00 – O milagre segundo Salomé

06.11 | QUINTA
Sala Cinemateca Petrobrás
19h00 – Uma abelha na chuva
20h30 – Tráfico

07.11 | SEXTA
Sala Cinemateca Petrobrás
19h00 – O milagre segundo Salomé
21h00 – Tarde demais

08.11 | SÁBADO
Sala Cinemateca Petrobrás
16h00 – CURTA CINEMATECA
18h00 – Non, ou a vão glória de mandar
20h30 –Tráfico

09.11 | DOMINGO
Sala Cinemateca Petrobrás
17h00 – A passagem da noite
19h00 – Ossos
21h00 – Uma abelha na chuva

About Bibi