Expressionismo alemão on-line

faust Expressionismo alemão on line

Ok, podem começar a me agradecer, porque esse tipo de coisa não aparece todo dia. Bom, pelo menos não aparecia quando eu queria, há 10, 11 anos atrás. Fiz uma seleção de filmes expressionistas alemães on-line: para assistir e baixar. Aqui vão eles:

Fausto é um dos filmes mais lindos que eu assisti, uma obra-prima. Se me pedissem para citar o que eu amo no cinema expressionista diria que é Fausto. Todo cheio de sombras, cenários retorcidos, atuações acentuadas e um pessimismo maravilhoso, o filme mostra a força visual do cinema alemão. Nunca parei muito para pensar nisso, mas acho que é meu filme preferido de Murnau. O filme pode ser visto no Google Video, pois alguma alma caridosa o colocou disponível lá. E o filme está novamente disponível para assistir ou baixar no Internet Archive – melhor correr antes que removam novamente. Se você quiser saber mais sobre expressionismo, assistir aos filmes Murnau é essencial e para a história do cinema também. Seus filmes são todos bons – acreditem, porque eu sou bem chata para filmes.

M – O Vampiro de Dusseldorf é maravilhoso. O único filme sonoro dessa lista é um raro exemplo de como impregar o uso de som em um filme, ao contrários de boa parte dos filmes americanos, principalmente os primeiros filmes sonoros de lá. Peter Lorre dá um show de interpretação, aliás só ele já valeria o filme. Como disse o Jorge, é o melhor filme disponível no Internet Archive para assistir ou baixar. Um daqueles que você precisa ver antes de morrer. Ah sim claro, eu tenho o filme em casa.

Metrópolis, a obra prima de Fritz Lang, esteve no Internet Archive por um período muito curto. Agora a única versão disponível do filme on-line está no Google Video, com legendas em espanhol. Inspirado em Hard Times de Charles Dickens, o filme, com um majestoso visual futurista, mantém o tom de crítica social ao sistema capitalista e a exploração do trabalho. Com uma história rica em metáforas visuais, Metrópolis é um daqueles clássicos que volta e meia alguém cita em outro filme. Dica: se você quiser assistir em DVD ou vídeo, ou mesmo comprar, nunca, mas nunca mesmo, assista a versão de 1984 com trilha sonora composta por Giorgio Moroder. Ela é uma das coisas mais medonhas que eu já vi, ver um filme tão maravilhoso com músicas pop que de forma alguma se encaixam no filme. Não dá, por mais que eu ame Queen, não dá para engolir. Se for comprar aproveite que há uma nova versão restaurada que foi lançada recentemente.

nosferatu Expressionismo alemão on line

Nosferatu, versão não creditada ao clássico de Bram Stoker, está em todos os cantos! Enquanto os sucessores baseados em Drácula tiveram vampiros charmosos, como interpretados por Bela Lugosi e Christopher Lee, o conde Orlok interpretado por Max Schreck é uma criatura, um ser mais animal do que humano, o mais assustador de todos os dráculas do cinema. Outros filmes foram feitos baseados na imagem imortalizada por Schreck, como A Sombra do Vampiro e o belo Nosferatu com Klaus Kinski. Você pode ver esse clássico no Google Video. Ou baixá-lo em diversos formatos e tamanhos, tanto no Internet Archive como no PDM. Imperdível, ou melhor, obrigatório vê-lo!

O Gabinete do Dr. Caligari é o meu filme mudo favorito, talvez por ter sido amor à primeira vista, talvez por ter sido o primeiro filme expressionista que eu vi, ou então é por causa do Cesare, o sonâmbulo, ou talvez sejam os cenários pintados, não sei exatamente porque, mas é meu preferido. Não é o melhor filme expressionista que eu conheço, mas é um filme importante, seja pela crítica social implícita, que acabou um pouco censurada por causa do final que foi modificado – dizem alguns estudiosos, seja pela estética tão marcante, que acabou impulsionando o cinema expressionista na Alemanha. É um classico e deve ser visto. O filme pode ser baixado no Internet Archive.

O Golem é um dos grandes marcos na história do cinema alemão e um dos primeiros filmes expressionistas realisados. Só não pode ser considerado o precursor porque há O Estudante de Praga que foi realizado dois anos antes. O Golem pode ser baixado ou assistido no Internet Archive.

A propósito, estou planejando colocar on-line vários dos filmes que estão em domínio público e disponíveis no Internet Archive e no Public Domain Movie Torrents em algum dos diversos sites para compartilhamento de vídeos. Até pensei no You Tube, só que o problema é o limite de 100MB para upload. Mas não se preocupem, quando eu começar a fazer isso eu aviso por aqui.

Mais sobre expressionismo nos seguintes posts do outro blog: Nosferatu: watch it!, Silent Films, More Films and Soundtracks, From Zombies to Orson Welles, The Golem (Der Golem) e Web of Murnau. E não deixem de conferir os links no final dos artigos da Wikipedia.

maria metropolis Expressionismo alemão on line

About Bibi