Festival do Minuto

Festival do Minuto

O famoso Festival do Minuto mudou seu formato. Criado em 1991 por Marcelo Masagão, o festival que era anual sobre um tema fixo, agora é mensal e acontece on-line, para a alegria da geração YouTube. O site já abrigada os vídeos do acervo desde o primeiro festival, 1991, e abrigará também os novos vídeos, enviados para os próximos concursos.

A criação do site e do concurso chega em ótima hora, uma vez que produção audiovisual brasileira só tem crescido nos últimos anos e o hábito de ver vídeo on-line se espalhou entre os internautas. Parte disso devido ao mais número de pessoas com acesso a computadores e ao crescimento do número de usuário de banda-larga.

O tema dos dois primeiros festivais do site já estão definidos: “Tempo Livre”, cujas inscrições vão até dia 30 de setembro, e “Acabou a Gasolina”, que será co-patrocinado pela Petrobrás, cujas inscrições começam em outubro.

O Festival do Minuto, primeiro evento do gênero criado no mundo, recebe até 30 de setembro vídeos de até 60 segundos com o tema “Tempo Livre”. Os profissionais e amadores interessados em participar do festival deverão enviar seus trabalhos exclusivamente pela internet, por meio do site www.festivaldominuto.com.br. Os primeiros 50 trabalhos inscritos e selecionados receberão um dvd com vídeos de edições passadas. O vencedor será conhecido no dia 9 de outubro, durante cerimônia realizada na Oi Futuro, no Rio de Janeiro, entidade que patrocina o festival. […]

Todo mês os primeiros trabalhos selecionados receberão dvds e os melhores vídeos, prêmios em dinheiro. Até o fim do ano serão R$ 40 mil concedidos pelo festival. Os vídeos recebidos serão analisados pela curadoria, para depois serem colocados no site. O endereço também abrigará os 500 vídeos do acervo do Minuto.
“O que diferencia o Festival do Minuto de outros portais de vídeo é o papel da curadoria. Não só propondo temas específicos para a produção de vídeos como escolhendo os vídeos com ousadia e singularidade. Os vídeos não selecionados serão exibidos no site e poderão concorrer e ganhar prêmios somente no quesito votação do público. Outra coisa importante é que quando os vídeos são comercializados, seja para a televisão ou para celulares, os realizadores inscritos no Festival do Minuto recebem pela veiculação. Isto acontece desde que foi criado.”, explica o curador do Festival do Minuto, Marcelo Masagão.

O caráter permanente do festival estimulará ainda mais a produção audiovisual com duração de até um minuto, em que são evidenciados o poder de síntese e a habilidade de vender um conceito e idéia. O Minuto é um formato que privilegia novas mídias, com conteúdos dinâmicos produzidos com um baixo custo.

É possível fazer busca por diretor, nome de filme, por tags, ou combinar até três tags para ver os vídeos. Para os mais clássicos, sugiro ir diretor na sessão temas do site. Salvem o site em seus bookmarks e fiquem ligados, pois pelo que observei, parece que será possível assinar o feed dos vídeos.

About Bibi