Filmes inéditos na 32ª Mostra de Cinema

Garapa de José Padilha

Um dos principais atrativos da Mostra é a grande seleção de filmes inéditos no Brasil que são trazidos pelo festival. Algumas vezes essa é uma única oportunidade para ver raridades que nunca saem nas salas de cinema ou mesmo em DVD. Os vencedores do público e do júri no festival têm maiores chances de acabarem nas telas, mas grande parte dos filmes acaba passando despercebida. Entre os filmes inéditos no Brasil exibidos este ano estarão:

Tulpan“, de Sergey Dvortsevoy, vencedor da mostra “Um Certo Olhar” do Festival de Cannes 2008, “Mil Anos de Orações“, de Wayne Wang, “Duska“, de Jos Stelling, “Horas de Verão“, de Olivier Assayas, “La Virgen Negra” , de Ignácio Castillo Cottin, “Veneno Cura“, de Raquel Freire, “Príncipe da Broadway“, de Sean Baker, “Oceano“, de Mikhail Kosyrev –Lambert, “Recurso Intangível Número 82“, de Emma Franz, “The Palermo Shooting“, de Wim Wendesr, “Revolução Revisitada” , de Hugh Hudson, “Fronteira“, de Rafael Conde, “Las Meninas“, de Ihor Podolchak e “Coyote“, de Brian Petersen.

Um dos grandes destaques é a pré-estréia mundial de “Garapa” de José Padilha. Padilha assinou também os documentários “Estamira” e “Ônibus 174“, apresentados na Mostra em anos anteriores, e o polêmico “Tropa de Elite“. “Garapa” aborda a questão da fome no mundo a partir de uma perspectiva microscópica, ao se aproximar de quem convive com o problema. A pré-estréia do filme será seguida de debate, promovido em parceira com o jornal Folha de S. Paulo.

Che, de Steven Soderbergh

Outro destaque importante é o último filme de aclamado diretor americano Steven Soderbergh: “Guerrilla“, que vem com o nome de “Che“. O título já deixa claro o assunto do filme, a vida do revolucionário argentino Ernesto ‘Che’ Guevara, interpretado por Benicio Del Toro. Del Toro ganhou o prêmio de melhor ator no festival de Cannes por sua interpretação nesse filme.

“Che” encerra a programação da Mostra com duas sessões, uma no dia 30 no Cine Bombril, e outra no dia 31 no Cinesesc. Durante a coletiva de imprensa a organização do festival disse que Del Toro vem para a Mostra, mas que só não confirmava porque poderiam acontecer imprevistos. Ficamos aqui torcendo para que tudo dê certo e ele venha.

Atualização: a organização da Mostra avisou ontem que o filme Garapa não será mais exibido no festival.

About Bibi