Os últimos piores papéis de grandes atores

Marlon Brando / O Poderoso Chefão: o Jogo

Alguns grandes atores acabam perdendo o prestígio para novos talentos, ou acabam sendo esquecidos do público, quando não ignorados pelo (novo) público. Ainda que tenham talento de sobra acabam participando de filmes que em bom português seriam chamados de “grandes roubadas”.

A revista americana Maxim, famosa pelas fotos de mulheres sexy na capa, fez uma lista com Os últimos piores papéis, exceto por isso, de grandes atores. A lista apresenta o talento River Phoenix que morreu muito jovem e cujo último papel nem de longe foi seu mais brilhante, o ator legendário de comédias Jack Lemmon, que teve seu último papel no morno Lendas da Vida, e, o pior de todos, o gigante Orson Welles, o primeiro da lista, cuja último trabalho no cinema foi na péssima animação Transformers: O Filme.

Não consigo pensar em um desperdício maior de um grande talento como esse último. O homem que fez Cidadão Kane, tido por muitos como o maior filme da história, numa animaçãozinha tosca. Ainda que cada um desses filmes que não tenha manchado anos de um brilhante carreira, eles são vergonhosos e dignos de serem apagados da memória de qualquer fã. Um detalhe: Mel Gibson faz parte dessa lista com uma ótima justificativa.

E antes que alguém se espante com a imagem acima nessa lista, note que não é o filme O Podero Chefão, que obviamente não foi o último papel de Marlon Brando, mas sim O Poderoso Chefão: O Jogo.

Entradas relacionadas:

  • Os oito piores lugares para se roubar idéia para um filme
  • As dez melhores seqüências cinematográficas de todos os tempos
  • Os 20 maiores diretores
  • Top 10 Carros em filmes
  • About Bibi