The Wonderful Wizard of Oz

The Wonderful Wizard of Oz (1910)

Depois de Alice no País das Maravilhas, O Mágico de Oz. Se você nunca leu o livro, o Projeto Gutenberg pode te ajudar nessa tarefa com opções para baixar, ler on-line ou mesmo no Palm, tudo gratuito. Aliás, vou já tentar me redimir do quase imperdoável fato de ter esquecido de colocar um link para uma versão gratuita de Alice: Alice’s Adventures in Wonderland, de Lewis Carroll, no Projeto Gutenberg também.

Se você nunca leu, não está com vontade de ler ou seu inglês não ajuda, talvez já tenha visto o clássico de O Mágico de Oz, de 1939, realizado pela MGM com a Judy Garland. Viu? Excelente, agora você pode ver o filme que vou indicar.

O clássico infantil, O Maravilhoso Mágico de Oz foi escrito por L. Frank Baum em 1900 e já em 1902 ganhou uma versão musical em Chicago e depois outra em 1903 em Nova York, ambas produzidas por Baum & Denslow. Não tardou muito para o cinema também aproveitar a “onda” e fazer uma versão do livro. A primeira da qual se tem notícia foi realizada por Otis Turner em 1910: The Wonderful Wizard of Oz.

E agora vem a explicação do porquê dos meus questionamentos sobre se você conhece a história. Essa versão de 1910 tem mais base na versão musical de 1902 do que no livro e se você não faz a menor idéia do que se trata, os trechos do filme não irão lhe ajudar a compreender. Como disse ontem sobre o Alice, boa parte desses filmes antigos eram versões resumidas de clássicos populares, livros bem conhecidos e que não precisavam de explicação, ou que eram explicados por um narrador enquanto o filme era exibido. Mesmo conhecendo a história você irá sentir falta de alguns personagens, que foram substituídos na versão musical de 1902.

Essa versão de 1910 do livro pode ser vista no YouTube ou aqui mesmo. A cópia não é das melhores e ainda é da parte do que restou do filme, pois algumas partes devem ter se queimado/ perdido/ deteriorado com o tempo e a má preservação da película. Aí acrescente a mudança de personagens, e algumas licenças poéticas devido a falta de verba e técnica necessárias para sua realização. Adicione também o fato de que isso é um livro transformado em 13 minutos de imagens = um resumo visual. Mas, apesar de tudo, felizmente há uma cópia desse filme, e isso deve ser festejado. Boa diversão!

About Bibi